Há momentos

Há momentos em que tudo se resume a encontrar a palavra exata

Tem outros em que o melhor mesmo é o silêncio, e ele só já basta


Não nego

Eu faço o que posso
Também o que gosto
Não sou manso nem santo

Tampouco tolo, mas já fui novo
Ainda não sou velho
Diz o espelho

Às vezes quero descanso
Ou faço um chamego
Se ela pede, eu não nego


Sonho

Ontem sonhei que me sonhava em seu sonho

E ao sonhar o seu sonho
já não mais sabia se quem sonhava era você
ou apenas um sonho